fbpx

FUNDO DE QUINTAL

um ícone da Música Popular Brasileira

Fundo de Quintal é um grupo de samba formado no Brasil no final dos anos 70 a partir do bloco carnavalesco Cacique de Ramos e tornou-se uma referência no sub-gênero pagode. É, sem dúvida, o grupo mais premiado e respeitado do género.

Composto principalmente por sambistas da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, o grupo Fundo de Quintal caracterizou-se por usar instrumentos até então pouco comuns em rodas de samba, como o banjo, o tantã e o repique de mão.

Vencedor de diversos prémios, entre eles discos de Ouro e Platina, gravou inúmeros discos e tem como madrinha a cantora Beth Carvalho.

Alguns de seus maiores sucessos são “Ô, Irene”, “O Show Tem Que Continuar”, “Vai Lá Vai Lá”, “A Batucada dos Nossos Tantãs”, “E Eu Não Fui Convidado”, “Boca sem Dente”, “Parabéns pra Você”, “Andei, Andei”, “Do Fundo do Nosso Quintal”, “Só pra Contrariar”, “Miudinho”, “Não Vai na Conversa Dela”, “Sonhando Eu Sou Feliz”, “Malandro Sou Eu”, “Tô Que Tô”, entre muitos outros.

O grupo inicialmente era composto pelos sambistas Almir Guineto, Bira Presidente, Jorge Aragão, Neoci, Sereno, Sombrinha e Ubirany. Mais tarde, Arlindo Cruz e Walter Sete Cordas integraram o conjunto musical. Após a saída de Walter, Cleber Augusto e Zeca Pagodinho juntaram-se ao do grupo. Atualmente o grupo é composto por Ademir Batera, Junior Itaguaí, Márcio, Sereno, Bira Presidente e Ubirany.

Segundo o grupo, a melhor tradução para Fundo de Quintal é: “Aconselho a você, que seja sambista também”.

Vamos todos viver o Samba, de 29 a 31 de Março em Estarreja, no Samba Com Vida’19!

🔒 INSCRIÇÕES ONLINE DE WORKSHOPS ENCERRADAS! 🔒 Ignorar